QUEM SOU EU

Minha foto
Sou apenas "O PREGADOR". Neste blog resolvi postar alguns esboços, estudos e mensagens. Para mim, ser um pregador do evangelho é uma missão e nunca uma profissão. Sinta-se a vontade ao ler este blog, pois o Maná Diário do Pregador não pertence a nenhuma religião católica, protestante, evangélica, espírita, ou outra. Seja muito bem-vindo!

terça-feira, 29 de março de 2011

JESUS, FORÇA PRA VIVER




“E aconteceu que, quando voltou Jesus,
a multidão o recebeu,
porque todos o estavam esperando.
E eis que chegou um homem de nome Jairo,
que era príncipe da sinagoga;
e, prostrando-se aos pés de Jesus,
rogava-lhe que entrasse em sua casa;
Porque tinha uma filha única,
quase de doze anos, que estava à morte.
E indo ele, apertava-o a multidão.
E uma mulher, que tinha um fluxo de sangue,
havia doze anos, e gastara com os médicos
todos os seus haveres,
e por nenhum pudera ser curada,
Chegando por detrás dele,
tocou na orla do seu vestido,
e logo estancou o fluxo do seu sangue.
E disse Jesus: Quem é que me tocou?
E, negando todos,
disse Pedro e os que estavam com ele: Mestre,
a multidão te aperta e te oprime,
e dizes: Quem é que me tocou?
E disse Jesus: Alguém me tocou,
porque bem conheci que de mim saiu virtude.
Então, vendo a mulher que não podia ocultar-se,
aproximou-se tremendo e, prostrando-se ante ele,
declarou-lhe diante de todo o povo a causa
por que lhe havia tocado, e como logo sarara.
E ele lhe disse: Tem bom ânimo, filha,
a tua fé te salvou; vai em paz.
Estando ele ainda falando,
chegou um dos do príncipe da sinagoga,
dizendo: A tua filha já está morta, não incomodes o Mestre.
Jesus, porém, ouvindo-o, respondeu-lhe, dizendo:
Não temas; crê somente, e será salva.
E, entrando em casa, a ninguém deixou entrar,
senão a Pedro, e a Tiago, e a João,
e ao pai e a mãe da menina.
E todos choravam, e a pranteavam; e ele disse:
Não choreis; não está morta, mas dorme.
E riam-se dele, sabendo que estava morta.
Mas ele, pondo-os todos fora,
e pegando-lhe na mão,
clamou, dizendo: Levanta-te, menina.
E o seu espírito voltou, e ela logo se levantou;
e Jesus mandou que lhe dessem de comer.
E seus pais ficaram maravilhados;
e ele lhes mandou que a ninguém
dissessem o que havia sucedido.”.
(Lucas 08:40,56).


INTRODUÇÃO:




- O texto nos relata a história de duas pessoas que procuraram a Jesus num momento de crises domésticas: Jairo, um chefe de sinagoga, estava com sua filha à beira da morte e a "mulher hemorrágica", sofria de uma hemorragia incurável a mais de 12 anos.

- Jairo era chefe da sinagoga. Era, portanto um homem religioso e temente a Deus. Com certeza cumpria todas as normas e costumes do judaísmo.

- Sabia que com toda a sua religiosidade, estava prestes a perder a sua única filha de quase 12 anos, que estava à beira da morte.

- Com certeza ele vinha acompanhando de longe o seu ministério e havia ouvido falar do seu amor pelos necessitados e milagres que fazia. Sua única esperança era Jesus!

- Uma mulher, cujo nome não conhecemos, coincidentemente havia 12 anos que sofria de uma hemorragia.

- Ela já havia procurado todos os médicos especialistas dos seus dias e com eles gasto todo o seu dinheiro. Não lhe restava esperança de cura. Suas forças físicas estavam se esvaindo. Estava condenada à morte.

- Em razão da sua doença era desprezada pela sociedade. Sentia-se miserável diante do seu problema.

- Ouviu falar de Jesus, não perdeu tempo, venceu a multidão que o apertava e tocou em suas vestes.

- Era tudo o que ela queria; pelo menos tocar nas vestes do Filho de Deus! Foi curada! Sua fé a curou.

- Ambos, Jairo e a mulher, tinham vários pontos em comum:

1º HAVIAM PERDIDO A ESPERANÇA NOS RECURSOS HUMANOS:




- A inteligência humana tem levado a conquistas em todas as áreas do conhecimento.

- Hoje a ciência possui recursos quase ilimitados, todavia, milhões de pessoas estão morrendo em várias partes da terra, vitimadas por doenças incuráveis, guerras, fome e acidentes.

- A ciência não conseguiu eliminar o sofrimento humano. Sofremos dores físicas e emocionais. Ainda derramamos lágrimas. Há mais sofrimento emocional que físico.

2º ESTAVAM DESESPERADOS E BUSCAVAM SOLUÇÃO DIVINA:




- Com todos os recursos disponíveis, há momentos em que nos sentimos totalmente desamparados e indefesos.

- Quando as pressões chegam a um limite pessoal, alguns, por falta de visão de futuro melhor, tomam atitudes desesperadoras.

- Muitos desistem da vida buscando no suicídio o fim de suas dores; alguns deixam um bilhete que simplesmente diz: "estou cansado de viver".

- O que pode levar uma pessoa a ter atitudes tão drásticas? O desespero motivado pela falta de esperança na solução para seus problemas.

- A Bíblia nos recomenda a buscar a Deus nos momentos mais difíceis da vida:

“Buscai ao SENHOR e a sua força; buscai a sua face continuamente.”. (1º Crônicas 16:11).

“Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.”. (Isaias 55:06).

“Porque assim diz o SENHOR à casa de Israel: Buscai-me, e vivei.”. (Amós 04:04).


“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”. (Mateus 06:33).


“E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á;”. (Lucas 11:09).


“PORTANTO, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.”. (Colossences 03:01).


3º VENCERAM BARREIRAS FÍSICAS E SOCIAIS PRA CHEGAREM A CRISTO:




- A maior barreira para encontrarmos Jesus é a incredulidade humana.

- Vivemos num mundo estritamente racional e materialista. Agimos como Tomé: precisamos ver para crer.

- Tanto Jairo como a mulher hemorrágica tiveram pessoas ao redor que os desestimularam a buscarem a fé:

a) A multidão quase os impediu de se aproximarem de Jesus;
b) Jairo podia ter perdido a paciência com o tempo que Jesus gastava com outras pessoas antes de atender ao seu pedido;
c) Quando o pessoal que estava na casa de Jairo enviou um mensageiro para informar que a menina já havia morrido ele podia ter desistido de esperar por Jesus;
d) Os discípulos de Jesus foram racionais quando disseram que seria impossível descobrir quem havia tocado nas vestes de Jesus;
e) Os amigos e parentes de Jairo riram de Jesus quando ele disse que a menina dormia. Preferiram ficar passivos diante das circunstâncias. Foram inclusive insensíveis diante da dor da família. Riram com a aparente "piadinha" de Jesus.

- A maior barreira a ser vencida é a auto-suficiência.

- As pessoas se julgam capazes de encontrar uma solução para cada crise ou circunstância.

- Quando os recursos falham, são racionais demais para buscar soluções espirituais.

4º CONFIARAM PLENAMENTE NO PODER DE CRISTO:




- Confiar em Jesus foi a única possibilidade que oferecia esperança diante da morte. Todas as demais possibilidades haviam se esgotado.

- Confiar é Ter fé! Isto nos leva a três questões fundamentais para a o cristianismo:

a) Que é a fé? “Ora, a fé é a certeza das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.”. (Hebreus 11:01).

b) Porque devemos ter a fé? “Ora, sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam”. (Hebreus 11:06).

c) Qual deve ser o objeto da nossa fé? “Portanto, visto que nós também estamos rodeados de tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com perseverança a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para Jesus, autor e consumador de nossa fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto suportou a cruz, desprezando a ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus.”. (Hebreus 12:01-o2).

5º HUMILHARAM-SE DIANTE DE JESUS:




- Ambos prostraram-se diante de Jesus. Prostrar-se é sinônimo de ajoelhar-se com o rosto aos pés de alguém.

- Os judeus ajoelhavam-se em suas orações diante de Deus. É uma atitude de humildade e reconhecimento do poder de Deus.

"Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. Então estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar.". (2º Crônicas 07:14,15).


6º ALCANÇARAM A GRAÇA QUE ALMEJAVAM NO CORAÇÃO:





"Invoca-me no dia da angustia: Eu te livrarei, e tu me glorificarás”. (Salmos 50:15).

- Quando Jesus chegou à casa de Jairo, seus parentes choravam a morte de sua única filha de 12 anos incompletos.

- Jesus, para confortá-lo, declarou: “Não choreis; ela não está morta, mas dorme".

- Ao declarar que ela não estava morta, Jesus não estava dizendo que ela não havia morrido e sim se referindo à imortalidade da nossa alma.

- Se a alma é eterna, Ele sendo o próprio Deus, poderia trazê-la de volta à vida. Esta mesma expressão Jesus declarou sobre Lázaro antes de ressuscitá-lo: “Assim falou; e depois disse-lhes: Lázaro, o nosso amigo, dorme, mas vou despertá-lo do sono.”. (João 11.11).

- Alcançar a graça que almejamos no nosso coração é possível através da busca sincera de Jesus como o nosso Salvador. Jesus declarou: "Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.". (Mateus 11:28,30).


7º RECUPERARAM A AUTO-ESTIMA E A ALEGRIA DE VIVER:




- A mulher hemorrágica voltou à vida. Agora poderia novamente ser reconduzida à sociedade. Já não seria mais desprezada e humilhada. Ganhou uma nova vida por fora e por dentro.

- Paulo declarou em: "E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.". (2º Coríntios 05:07).

- Jairo teve a alegria de ver sua filha voltar à vida e se alimentar novamente. Imagino o tamanho de sua dor ao procurar Jesus e quão grande se tornou a sua alegria depois do milagre.

- Quando permitimos que Cristo atue na nossa vida, imediatamente sentimos o poder do Espírito Santo fluir em nosso viver. "Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.". (Romanos 14:17).

- A semelhança de Jairo e da "mulher hemorrágica", nós também encontramos em nossas dores que precisam ser reconhecidas por Jesus.

- Jesus tem compaixão de cada um de nós.

- Ele nos conhece, conhece os nossos problemas, conhece as nossas dificuldades, conhece as nossas limitações, sabe que somos fracos e dependentes da sua infinita misericórdia.

- Ele é o nosso amorável Salvador e Senhor. Dele recebemos a graça necessária para vencermos as crises da vida. A Ele devemos buscar com nossos corações cheios de fé e esperança.

CONCLUSÃO:




- Concluindo, gostaria de reafirmar ao seu coração as seguintes verdades bíblicas:

1. Nós podemos contar com o constante amor de Deus: “Sacia-nos pela manhã com o teu constante amor, para que nos regozijemos e nos alegremos todos os nossos dias.”. (Salmo 90:14).

2. Quando buscamos ao Senhor nós recebemos o consolo do Senhor: “O Senhor certamente consolará a Sião, e consolará a todos os seus lugares assolados; ele fará o seu deserto como o Éden, e os seus ermos como o jardim do Senhor. Gozo e alegria se acharão nela, ações de graça, e som de cânticos.”. (Isaias 51:3).

3. Sob quaisquer circunstâncias de nossas vidas devemos depositar a nossa Fé no Senhor. “Não se turbe o vosso coração, crede em Deus, crede também em mim”. (João 14:1).


"A ÚNICA VERDADE QUE LIBERTA É A DE DEUS
AS OUTRAS APENAS MACHUCAM"

*

3 comentários:

  1. Obrigada, precisava muito ouvir esta palavra! Que Deus nos abençoe!
    Silvia

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do seu blog ..por isso estou repassando algumas mensagens sua .parabens por todas essas msg.

    ResponderExcluir
  3. muito bom, que Deus continue te abençoando desta forma tão especial

    ResponderExcluir